voltar

Alimentação



coimbra2050@hotmail.com
caes.portais.ws

gosta de cães?





A Alimentação

Os gatos, como os demais felinos, são carnívoros. No ambiente selvagem, devoram a presa inteira, incluindo pele, órgãos internos, ossos e ervas que a presa tenha ingerido, conseguindo assim um perfeito equilíbrio nutricional.

A alimentação correcta do seu gato, desde filhote, irá influenciar a saúde dele para toda a vida.

Os gatos que tem livre acesso a comida podem comer de 10 a 20 pequenas refeições diariamente.

Os gatos não podem comer chocolate, porque contém ácido oxálico que impede a absorção de cálcio. Além disso contém teobromina, um alcalóide tóxico para felinos.

Mantenha sempre a higiene dos comedouros e bebedouros. Use os mais pesados para que não virem com facilidade, coloque folhas de jornal por baixo dos pratos, para evitar que deslizem e também facilitar a tarefa de limpeza. Evite o uso de comedouros e bebedouros plásticos. Alguns gatos apresentam uma reacção alérgica ao plástico, chamada Acne Felina.

Os gatos, como as pessoas, possuem gostos diferentes, é comum que alguns não aceitem alimentos que outros gatos adoram. Procure descobrir qual o alimento que seu gato mais aprecia.

Não alimente o seu gato em excesso. Uma boa alimentação é formada por quantidade suficiente de alimentos, com todos os elementos nutricionais necessários ao bom funcionamento do organismo dos gatos.

Os gatos necessitam de boa quantidade de proteínas e gorduras (carnes, peixe, aves, vegetais, soja). Precisam também de hidratos de carbono, sais minerais e vitaminas. Os gatos domésticos precisam de água fresca sempre disponível, principalmente os que se alimentam de ração seca.

Ração em lata

Têm a vantagem do sabor e humidade, mas é mais cara do que a seca, e contribui para a formação de tártaro e mau hálito e estraga-se com facilidade quando deixada no prato. Estes devem ser lavados todos os dias.

Ração Seca

Os gatos alimentados com ração seca necessitam de mais água. E evitam-se assim os problemas da ração em lata.

Leite

Pode dar pequenas quantidades de leite ao seu gato, mas atenção porque muitos gatos têm intolerância à lactose.

Ossos

Não há problemas em dá-los ao seu gato, desde que sejam grandes e não soltem lascas, como os de vaca. Nunca dê ossos de galinha ou de porco ao seu gato (pois soltam lascas).

Carne

A carne não faz mal, mas não deve substituir a ração.

 

Fígado

O fígado é muito nutritivo, mas deve ser dado apenas ocasionalmente.

Suplementos vitamínicos e minerais

Se o seu gato come ração regularmente, não precisa de suplementos.

 

Peixe Cru

Alguns peixes crus podem causar deficiência de Tiamina.


fonte: www.osgatos.com.br (adaptado)